* 6 Passos para a Compra do seu Imóvel com Segurança!

 

    O momento da compra de um imóvel é muito especial e para muitas pessoas é a realização de um sonho, mas antes de chegar ao esperado fechamento do negócio, existe um caminho a ser percorrido, e nesse caminho muitas vezes surgem dúvidas e incertezas. Então, como fazer para que esse sonho se torne realidade de forma segura?

    As pessoas desejam a transformação que a compra de um imóvel vai proporcionar para a vida delas. Então, o primeiro passo é ter clareza de quais benefícios de vida você está buscando com a compra do imóvel, que soluções você espera que ele lhe traga.

    O que você deseja exatamente? Seria morar mais perto do trabalho? Um quarto a mais para a chegada de um bebê? Uma mudança de status para um apartamento mais luxuoso? Ou seria um imóvel para investir com a intenção de ter uma segurança financeira no futuro? Inúmeras são as possibilidades...

    O segundo passo é alinhar essas intenções com as pessoas que compartilharão o imóvel com você. Exemplo: A esposa deseja que o imóvel tenha área de lazer para ela desfrutar com as crianças e o marido quer uma varanda ampla para receber os amigos. Neste caso seria interessante procurar um imóvel que atenda às expectativas de ambos.

    O terceiro passo é o momento de pesquisar os preços, ou seja, o momento de equilibrar o sonho com a realidade. Um desafio! Ajustar o perfil do imóvel aos valores disponíveis para a compra, verificar a viabilidade de um financiamento bancário ou se a compra será à vista.

    Nesse momento é fundamental o acompanhamento de um corretor qualificado, um profissional de confiança e que conheça bem o mercado. 

    A compra de um imóvel é um momento delicado e o corretor deve passar toda a tranquilidade, conhecimento e segurança apresentando uma seleção de imóveis compatíveis com as necessidades do cliente, e que estejam dentro de seu orçamento. O tempo que levará no processo de busca é o tempo que você precisará para sentir-se seguro(a) o suficiente para fazer a compra.

    Após a escolha do imóvel vem o quarto passo: A documentação. Caso a escolha seja por um imóvel em construção, é importante informar-se sobre o histórico da construtora, a confiabilidade da mesma e o nível de satisfação dos clientes anteriores. É fundamental também verificar se a obra tem o RI – Registro da Incorporação.

    Caso o imóvel escolhido já esteja pronto, solicitar ao corretor a matricula atualizada - documento que mostra o histórico do imóvel e que comprova quem é o atual proprietário e as certidões federal, municipal e estadual dos vendedores. Estes são documentos fundamentais para a escrituração do imóvel para o seu nome. Solicitar também uma comprovação de quitação referente a condomínio (caso haja) e energia elétrica do imóvel.

    No caso de optar por utilizar um financiamento bancário, o seu corretor pode ajudá-lo acompanhando-o no processo de comparações entre as taxas de juros, prazos e processos de cada banco de sua preferência.

    Bom, após esse processo, chegou a tão sonhada hora de assinar a papelada! 

    Vamos para o quinto passo que é a transferência do imóvel para o seu nome. Muitas vezes nessa fase o cliente fica confuso, pois não está habituado com os termos e procedimento. Mas fique tranquilo! Vou explicar bem direitinho pra você:

    A transferência do imóvel é feita em 3 etapas: ITBI, Escritura e Registro

    ITBI: É o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis. É um tributo municipal que deve ser pago na aquisição do imóvel, para oficialização perante o município do processo de compra e venda. O valor desse imposto é pago para a prefeitura através de boleto bancário. No estado do Ceará, o calculo é 2% sobre o valor de avaliação do imóvel pelo sistema da prefeitura, exceto em casos de financiamento bancário, que o valor do imposto sob a parte financiada é reduzido. 

 

    Escritura do imóvel: A escritura definitiva de compra e venda é um tipo de contrato onde constam as características do imóvel e da negociação, preço e forma de pagamento. É um instrumento público, elaborado por um cartório de notas e assinado pela parte compradora e vendedora perante Tabelião ou representante, com fé pública. O valor dessa taxa é pago diretamente para o cartório de notas, sendo um valor tabelado de acordo com a faixa de preço do imóvel.

    Registro do imóvel: Para assegurar a sua propriedade sobre o bem, o novo dono do imóvel deve requerer o registro em matrícula. Somente assim ele será efetivamente proprietário do imóvel em questão. Após a assinatura da escritura definitiva, esta deve ser levada até o cartório no qual o imóvel está registrado (cada cidade tem uma divisão por regiões) para registrar a compra e venda na matrícula específica do imóvel. Pois cada imóvel tem uma matrícula correspondente, com suas características físicas, endereço e histórico de proprietários, desde o primeiro até o mais recente. O valor dessa taxa é pago diretamente para o cartório de registro, sendo um valor tabelado de acordo com a faixa de preço do imóvel.

    E então chega a hora do sexto passo: COMEMORAR!

    A compra de um imóvel é um marco de vida, é uma conquista, e proporciona um sentimento maravilhoso de realização! O profissional corretor que te acompanhou e deu todo o apoio durante o processo de compra do imóvel muitas vezes se torna um amigo, o qual estará pronto para ajudar sempre que for solicitado.



    Gostou das dicas? 

    Conhece alguém que esteja que esteja com dúvidas sobre a compra de um imóvel?  

    Compartilha!!!


Por Renata Ary